PORTAL DO ALUNO / PROFESSOR

A REVISTA FOCO LANÇA MAIS UMA EDIÇÃO

É com grande satisfação que divulgamos o volume 8, número 2, da revista FOCO, periódico dos programas de Graduação e Pós-Graduação em Administração e Recursos Humanos da Faculdade Novo Milênio.

O periódico tem por missão promover e difundir o conhecimento científico entre estudantes, docentes e pesquisadores internos e externos à faculdade. Atualmente a revista é qualificada como Qualis B-4 e está presente em diversos indexadores.

Na presente edição a revista traz nove (09) artigos, duas resenhas e uma entrevista.

O primeiro artigo é de José Vitor Palhares dos Santos (UFMG), Thiago Lima Bahia Santos (UFMG), Ana Augusta Almeida de Souza (USP) e Ricardo Braga Veroneze (UFLA). Este, sob o título “Políticas de Inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho: uma análise sobre o caso de Lavras (MG)”, busca verificar as dificuldades e opiniões das pessoas com deficiência (PcDs) que estão inseridos no mercado de trabalho sobre as políticas de inclusão públicas e empresariais.

O segundo artigo intitula-se “A escola contemporânea e a violência escolar: um paradigma obsoleto aos alunos com altas habilidades / superdotação”. Este é de autoria de Alberto Padrón Abad (Universidades Universidad CUT - México)  e Thaís Marluce Marques (Faculdade Integrada de Goiás). Nele os autores buscaram revisar o paradigma educativo cartesiano e sua prática nas salas de aula com intuito de analisar se o mesmo é um empecilho para detectar oportunamente as AH/SD em crianças no contexto escolar.

O terceiro artigo é de autoria de Dartagnan Ferreirra de Macêdo (Uncisal), Thayse Ingrid Clímaco Romeiro (UFAL) e Duilio Cleto Marsiglia (UFAL).O artigo que está intitulado “A importância do administrador na gestão hospitalar: percepção de médicos, enfermeiros e administradores de um hospital universitário” se propõe analisar, a partir de uma pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa e quantitativa, a importância do administrador na gestão hospitalar, a partir da visão das chefias de médicos, enfermeiros e administradores de um Hospital Universitário.

O quarto artigo, de autoria de Juliana Pereira da Costa  (FMC) e Daironne Kadídio Martins Holanda Rosário (FMC), “Interdependência de tarefas e saúde organizacional: o caso de uma concessionária de motos em Aracati-CE” busca identificar a existência ou não de correlação entre a interdependência de tarefas e a saúde organizacional em uma concessionária de motos situada na cidade de Aracati-CE.

O quinto artigo, sob o título “Dinâmicas do contexto político e administrativo na construção da administração pública em Moçambique” é de Albino Alves Simione (UFMG). Nele Simione busca analisar a trajetória recente da administração pública e compreender as transformações que visam a modernização dos processos de gestão em Moçambique.

O sexto artigo, “Políticas Públicas de emprego no Brasil: reflexões entre a Era Vargas e o Neoliberalismo”, de Leonardo de Araujo (UFC) e Mota e Maynne Santos de Oliveira (UEPB) se propõe, como destacaram os autores, “efetuar uma análise sociológica e histórica das políticas de emprego no Brasil desde o início de sua implantação até a atualidade, considerando as relações capital-trabalho na perspectiva da intervenção do Estado, das mudanças tecnológicas, dos cenários macroeconômicos e da organização da produção”.

O sétimo artigo é de Cristiano das Neves Bodart (FNM), Glaucia dos Santos (FNM) e Lilian da Penha Neves Ferreira (FNM). O artigo desses autores intitulado “Avaliação de desempenho: uma análise crítica a partir da perspectiva dos avaliados”, tem por objetivo apresentar e discutir, a partir da ótica dos empregados, um processo de Avaliação de Desempenho adotado por uma instituição financeira.

No oitavo artigo, intitulado “Adolescente aprendiz: pensando a inclusão pelo viés do trabalho”, é de autoria de Ione Soares de Miranda (UVV). Nesse artigo a autora buscou analisar as políticas públicas norteadas pelo programa “Adolescente Aprendiz” e avaliar como e o quanto o programa vem promovendo igualdade de oportunidades para os jovens, futuros profissionais, e sua inclusão social.

No nono e último artigo é de autoria de Cleber Vasconcelos Moreira (UFES). Em “Marketing Verde como propensa vantagem competitiva sustentável de uma organização”, o autor  busca destacar a relevância do Marketing Verde e a vantagem competitiva que este pode promover.

Além desses nove artigos, a presente edição traz duas resenhas e uma entrevista. A primeira resenha, elaborada por Kamille Ramos Torres (FNM), contempla a obra “Comunicação, Desenvolvimento e Sustentabilidade”, organizado por Gisela Gonçalves e Angela Felippi.  Essa obra faz parte da “Coleção Relações Públicas e Comunicação Organizacional”, publicado pela Labcom em 2014. A segunda resenha, realizada por Cassiane da C. Ramos Marchiori (FNM), é do livro “Gestão Pública: transparência, controle e participação social”. Trata-se de uma obra organizada por Cristiano das Neves Bodart (FNM) e publicada pela Faculdade Novo Milênio, em 2015.

Por fim, a presente edição traz uma entrevista com a professora Heike Doering,  PhD em Sociologia pela Universidade Cardiff (Reino Unido). Essa foi realizada pela doutora Priscila De Nadai, docente da Faculdade Novo Milênio e integrante da comissão editorial da revista Foco.

A revista pode ser acessada no seguinte endereço: http://www.novomilenio.br/periodicos/index.php/foco/

Cristiano das Neves Bodart

Editor chefe da revista Foco